NOTÍCIAS

Vou-me embora para Goiás, lá sou amigo do rei

Publicado em : 06/12/2017

O projeto de lei que regulamenta a EC 50/2014 acaba de ser encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado de Goiás. Referido projeto, de iniciativa do governador do Estado, tenciona (e vai) concretizar o conteúdo da torpe emenda (in)constitucional nº 50, que alça, sem concurso público, mais de 200 pessoas ao cargo de procurador autárquico, multiplicando vertiginosamente os seus vencimentos e causando um rombo milionário nos já combalidos cofres do Estado, em pleno momento de arrocho financeiro.

Além da evidente burla aos princípios constitucionais do concurso público e da impessoalidade na Administração, o mencionado projeto avilta, também, a unicidade das Procuradorias do Estado, estatuída no art. 69 do ADCT da Constituição Federal, segundo a qual somente poderão ser mantidas consultorias jurídicas apartadas das Procuradorias-Gerais quando preexistentes a 1988.

Já eu, para me tornar Procuradora do Estado, tive mesmo que enfiar a cara nos livros, por anos, assim como fazem todos os dias milhares de concurseiros.  Tive que me submeter a um concurso extenuante, que durou quase 1 ano, com 4 fases, imprescindível para selecionar bons profissionais, aptos a desempenhar tão relevante função constitucional, voltada ao atendimento integral do interesse público.

E, depois de percorrer todas as agruras do concurso público, de ser selecionada com total lisura em um certame extenso e concorridíssimo, sinto-me espoliada, com muita razão, quando, quase 30 anos após promulgada a Constituição, deparo-me com funestos trens da alegria como esse, articulados nos bastidores do governo e empurrados goela abaixo na população goiana.

Adriane Nogueira Naves

Presidente da Apeg fala sobre o trem da alegria, em artigo publicado no O Popular

14/12/2017 Veja mais

Ronald Bicca recebe prêmio em Portugal

13/12/2017 Veja mais

Comunicado – Missa de sétimo dia

11/12/2017 Veja mais

Nota de falecimento

11/12/2017 Veja mais

Projeto que cria procuradoria paralela é vetado por junta de gastos do Estado

07/12/2017 Veja mais

Vote contra projeto inconstitucional que cria procuradoria paralela

07/12/2017 Veja mais

Diretoria da Apeg encaminha ofício ao governador Marconi Perillo

07/12/2017 Veja mais

Presidente da Apeg vai ao STF discutir Emenda Constitucional 50

06/12/2017 Veja mais

Procuradores se reúnem com procurador-geral de Justiça contra EC 50/2014

06/12/2017 Veja mais

Presidente faz balanço de conquistas obtidas pelos procuradores em 2017

06/12/2017 Veja mais
< voltar
APEG - Avenida Cora Coralina nº103 Setor Sul - Goiânia/GO.
cadastre-se e fique informado:
623225-9086