Os diretores da Associação dos Procuradores do Estado de Goiás (APEG) lamentam a posição do presidente das agências goianas de Transportes e Obras e de Comunicação, Jayme Rincón, contrária à estabilidade no serviço público, afirmada em entrevista à imprensa nesta semana.

Para a presidente da APEG, Valentina Jungmann, “a seleção de servidores por meio de concursos públicos, além de qualificar a mão de obra nas diversas carreiras da administração pública e de abrir a todos, de forma igualitária, a possibilidade de concorrer a um cargo público, proporciona segurança jurídica para o Estado e para a sociedade”.

Voltar