A Associação dos Procuradores do Estado de Goiás (Apeg) solicitou à 1ª Vara da Fazenda a revisão anual da remuneração e do subsídio dos filiados no percentual de 6,13%, referente à data base de maio de 2005.

Após o trâmite regular, em agosto do ano passado, o primeiro cálculo apresentado pela Contadoria Judicial foi impugnado pela juíza Zilmene Gomide da Silva Manzolli. Ela determinou a expedição das Requisições de Pequeno Valor (RPVs), de forma individual, a 188 dos 209 filiados, e solicitou a realização de um novo cálculo para contemplar o restante.

A Contadoria atendeu ao pedido e entregou o novo cálculo. Contudo, a escrivã certificou estar ausente o cálculo de Leandro Zedes Lares Fernandes, o que dificultou a emissão dos RPVs.

Atenta ao acompanhamento processual, a Associação recorreu ao gabinete da juíza a fim de obter uma solução eficaz para o caso e evitar que os cálculos sejam submetidos a uma nova atualização, o que demandaria ainda mais tempo de espera aos filiados.

Diante disso, a Contadoria promoverá, de forma urgente, um adentro com relação ao cálculo remanescente. Este será devolvido à escrivania para imediata expedição dos RPVs de forma individualizada.

Voltar