O presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Goiás (Apeg), Tomaz Aquino, prestigiou a abertura da 23ª Conferência Nacional da Advocacia Brasileira, na noite da última segunda-feira (27), no Anhembi, em São Paulo. Realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o evento se estende até quinta-feira (30).

Na manhã desta terça-feira (28), Aquino debateu, na reunião do Conselho Deliberativo da Associação dos Procuradores dos Estados e do DF (Anape), a agenda legislativa de interesse dos procuradores do Estado, ressaltando a importância da participação dos colegas na discussão, especialmente da reforma da previdência.

A ex-presidente da Apeg e conselheira federal da OAB, Valentina Jungmann abordará o tema honorários advocatícios, durante painel na quarta-feira (29), das 9 às 12h30. No mesmo dia, entre 14h30 e 18h30, o procurador do Estado de Goiás e ex-presidente da Anape, Marcello Terto, ministrará a palestra “Consolidação normativa e jurisprudencial dos honorários dos advogados públicos”.

O procurador do Estado de Goiás e presidente do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da OAB-GO, Anderson Máximo, participou, na segunda-feira, do 11º Encontro de Presidentes de TEDs.

Este ano, o tema da conferência é a defesa dos direitos fundamentais. Segundo a Ordem, num momento em que "garantias fundamentais encontram-se sob ataque, é imprescindível a defesa intransigente de direitos".

Também participam do evento juízes, advogados, promotores, professores, deputados, jornalistas e autoridades.

 

 

 

 

 

Voltar